Ex-prefeito de Pedra é condenado por superfaturar merenda escolar


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/09/2014 às 14:21
Leitura:

O ex-prefeito de Pedra, no Agreste, Francisco Carlos Macedo, foi condenado por improbidade administrativa. Ele teria superfaturado a merenda escolar em R$ 9500. O ex político deve devolver R$ 15 mil aos cofres públicos, por causa da correção inflacionária, e não pode se candidatar a cargos públicos durante cinco anos. A decisão foi em primeira instância e cabe recurso.

Segundo denúncias, o frango da merenda foi superfaturado em 112%. A empresa que venceu a licitação vendia o produto a R$ 5,20, enquanto o valor de mercado era, em média, R$ 2,44.

O repórter Givanildo Silva traz as informações da Rádio Jornal Pesqueira:

Mais Lidas