AGRESTE

Estudantes são vítimas de golpe e ficam sem formatura


O acusado seria um professor dos estudantes, a quem confiaram todo o dinheiro investido no evento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/12/2014 às 11:42
Leitura:

Mais de 50 alunos da Escola Estadual Agamenon Magalhães, em São Caetano, no Agreste do estado, foram lesados no dia de sua formatura, que deveria ter acontecido no último final de semana.

Os estudantes investiram, durante sete meses, mais de 40 mil reais no planejamento do evento. O dinheiro teria sido entregue nas mãos de um professor da escola, agora acusado de roubar a quantia.

Mas, como os alunos, o dono de agência de eventos, Adriano Antunes, fez um orçamento para a decoração do evento, que nunca teve contrato assinado. Depois de acusado, o professor teria colocado a culpa do golpe na agência. Temendo ter a empresa prejudicada, Adriano Antunes vai tomar as providências cabíveis.

O professor acusado deve comparecer, nesta quinta-feira (18), à delegacia de São Caetano, para prestar depoimento.

Escute a reportagem de Jaciara Fernandes, da Rádio Jornal Caruaru:


Mais Lidas