CRIME

Poção tenta voltar a rotina após a chacina que vitimou 4 pessoas

Conselho Tutelar da cidade não tem previsão para a normalização dos trabalhos. Prefeito decretou luto oficial de sete dias.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/02/2015 às 10:48

A rotina dos habitantes da cidade Poção, no Agreste de Pernambuco, ainda está voltando ao normal após a chacina que deixou quatro pessoas mortas, dentre elas três conselheiros tutelares e uma professora aposentada. Nessa segunda-feira (9), um dia após o enterro das vítimas, alguns estabelecimentos comerciais não funcionaram e as portas do Conselho Tutelar da cidade continuavam fechadas, sem previsão para a normalização dos trabalhos.

O prefeito de Poção decretou luto oficial de sete dias em memória às vítimas. Sobre as investigações, a Polícia Civil informou que não vai se pronunciar e que o caso segue em sigilo.