PRECONCEITO

Estudante é vítima de ato racista em Casinhas

Agressor foi localizado e prestou depoimento, mas deve responder o processo em liberdade.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/02/2015 às 8:47

Uma estudante de 16 anos foi surpreendida com uma agressão verbal e preconceituosa quando deixava a escola, no Centro da cidade de Casinhas, Agreste pernambucano, na tarde dessa quinta-feira (26). Segundo a vítima, pessoas que estavam dentro de um veículo chamaram ela de "Maria macaca". A estudante acionou a Polícia Militar (PM) imediatamente.

O acusado, de 19 anos, foi localizado na cidade de Surubim, também no Agreste, e seguiu para a delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado para responder o processo em liberdade.