NAZARÉ DA MATA

Tecnologia de ponta é usada para restaurar capela em engenho na Zona da Mata


Os equipamentos modernos são usados para identificar pinturas sobrepostas à camada original e para fazer a datação, por exemplo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/03/2015 às 11:16
Leitura:
Foto: Reprodução/JC TV


A Capela de São Francisco Xavier do Engenho Bonito, no município de Nazaré da Mata, Zona da Mata Norte pernambucana está sendo restaurada com auxílio de tecnologia de ponta. Os equipamentos modernos são usados para identificar pinturas sobrepostas à camada original e para fazer a datação, por exemplo. A obra começou em dezembro de 2014 e está calculada em cerca de 2 milhões de reais.

Foto: Reprodução/JC TV


Preservando características do barroco, a Capela de São Francisco é um patrimônio do século 18 que está fechado para o o público desde 1993, quando foi saqueada. Após a restauração, o proprietário do engenho pretende instalar câmeras de segurança e abrir as portas à população.

Os equipamentos usandos pertencem ao Departamento de Energia Nuclear do Centro de Tecnologia e Geociências da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que é parceira do projeto. A partir das 11h desta terça-feira (17), a restauração será visitada por uma comitiva do formada por representantes da Universidade, , ministério da Cultura e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).


Mais Lidas