AGRESTE

Vereadores de Caruaru brigam por gabinetes


Parlamentares suspeitos de corrupção foram afastados das suas funções e levaram as chaves dos gabinetes.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/03/2015 às 10:26
Leitura:
Câmara Municipal de Caruaru. Foto: Divulgação


Os vereadores da Câmara Municipal de Caruaru, Agreste pernambucano, vivem um impasse em relação aos gabinetes usados durante o trabalho. O problema teve início quando 10 parlamentares envolvidos na Operação Ponto Final, que investiga vereadores suspeitos de corrupção, foram afastados das suas funções e levaram as chaves dos gabinetes. Desde então, os suplentes não têm lugar para trabalhar.

O presidente da Câmara Municipal, Leonardo Chaves, falou sobre o assunto. Segundo ele, os vereadores estão cumprindo o regimento, que determina que os parlamentares afastados de suas funções devem receber subsídio e ter direito ao gabinete. "Eu vejo uma contradição muito grande nesse artigo do regimento", ressaltou.


Mais Lidas