CARUARU

MP recomenda que vereadores liberem gabinetes para suplentes


O presidente da Câmara, Leonardo Chaves, ficará responsável por fiscalizar.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/04/2015 às 10:38
Leitura:
Câmara Municipal de Caruaru. Foto: Divulgação


Os vereadores afastados pela Operação Ponto Final, que investiga parlamentares suspeitos de corrupção, terão que liberar os gabinetes na Câmara Municipal de Caruaru, Agreste pernambucano. A recomendação é do Ministério Público de Pernambuco (MP-PE). O presidente da Câmara, Leonardo Chaves, ficará responsável por fiscalizar.

Os suplentes em exercício estavam impossibilitados de trabalhar pois os 10 vereadores afastados levaram as chaves dos gabinetes. Ainda segundo o MP-PE, Leonardo Cheves deve impedir que pessoas estranhas utilizem os gabinetes, especialmente a mando dos parlamentares afastados.


Mais Lidas