AEDES AEGYPTI

No agreste, números da dengue deixam população em alerta


Algumas dificuldades que a cidade enfrenta é o baixo número de agentes de endemias e o livre acesso às residências.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/04/2015 às 11:29
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet


Combater os focos da Dengue é uma luta constante nos municípios do Agreste pernambucano. Em Caruaru, os números de notificações da Dengue chegaram a 419, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. A doença muda a rotina dos pacientes e lota as unidades de saúde públicas e privadas da cidade.

Consciente da importância do combate ao mosquito Aedes Aegypti, o autônomo Fábio Lima fiscaliza os focos na própria casa. "Todos os reservatórios a céu aberto que a gente tinha foram fechados, foi colocada tampa na caixa d'água e sempre é colocado remédio toda vez que os agentes da secretaria de Saúde vão a minha residência".

O município de Caruaru está fora do risco de surto de Dengue, mas a situação é de alerta. Algumas dificuldades que a cidade enfrenta é o baixo número de agentes de endemias - atualmente são 100, mas o número ideal seria 180. Outro impecilho é o acesso às residências.


Mais Lidas