PETROLINA

Corpo de recém-nascido morto três dias após o parto será exumado


A equipe médica teria forçado um parto normal na mãe, diagnosticada com pré-eclâmpsia, o que pode ter causado a morte da criança.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/05/2015 às 11:27
Leitura:

A Polícia Civil pediu a exumação do corpo do recém-nascido que morreu três dias após o parto no Hospital Dom Malan - Imip em Petrolina, Sertão pernambucano. Em depoimento, a jovem contou que já tinha sido diagnosticada com pré-eclâmpsia e devia ser submetida a uma cesariana. No entanto, a equipe médica teria forçado um parto normal, o que pode ter causado a morte da criança.

A suspeita da família ganhou força quando o hospital entregou o corpo do bebê à família sem encaminhá-lo, antes, ao Instituto Médico Legal (IML). De acordo com a delegada que acompanha o caso, já existem várias denuncias semelhantes contra o hospital e a exumação do corpo terá como objetivo investigar a causa da morte.


Mais Lidas