AGRESTE

Limoeiro afirma que não tem condições de arcar com os custos da iluminação pública


A partir do dia 22, os municípios de Pernambuco deverão assumir a responsabilidade pela sua iluminação pública

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/05/2015 às 9:21
Leitura:

Um termo de acordo entre a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e a associação municipalista do Estado foi firmado para a trânsferência da iluminação pública para os municípios. A partir do dia 22 de Junho, todas as prefeituras assumirão de vez a responsabilidade da iluminação pública.

O prefeito de Limoeiro, Thiago Cavalcanti, não viu com simpatia a decisão e criticou o sucateamento da Celpe: "Nenhuma cidade quer pegar esses parques elétricos, eles estão acabados", disse.

Ele afirmou ainda que o município não tem dinheiro suficiente para pagar as contas, mas que não terá outra escolha caso a decisão não seja mudada: "está tramitando no congresso nacional um pedido de que os municípios não peguem isso (...) é mais uma responsabilidade jogada no colo dos municípios, e que teremos que abraçar porque não podemos deixar a população à mercê".

Confira matéria completa com o repórter Alfredo Neto, para a Rádio Jornal Limoeiro:


Mais Lidas