CARUARU

Hospital Regional do Agreste pode perder seu banco de sangue


A ação pode ocorrer por causa da falta de funcionários no local; se o banco fechar, a solicitação precisará ser feita ao Hemope Central, há 6 km de distância

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/06/2015 às 9:04
Leitura:

Pacientes que precisam de cirurgias no Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, estão preocupados com a possibilidade de perder a Agência Transfusional do Hemope, um banco de sangue implantado no hospital há nove anos.

O motivo do possível fechamento do serviço é que o local está com poucos funcionários, operando sem bioquímicos e o principal responsável pela coleta ainda responde pela triagem e pelo serviço burocrático da agência.

A presidente do Conselho Gestor de Saúde do HRA, Silvia Viviane, falou à Rádio Jornal sobre os motivos que podem levar ao fechamento do serviço. Ela falou, ainda, sobre a falta de soro antitetânico no local; segundo ela, nesta semana, treze pacientes precisaram do soro, que estava em falta no HRA. Se o banco de sangue fechar, a solicitação do material passará a ser feita no Hemope Central, há 6 km do HRA.

Confira matéria completa com a repórter Núbia Silva, para a Rádio Jornal Caruaru:


Mais Lidas