SEM VERBAS

Professores da Univasf entram em greve nesta quinta-feira


A Univasf tem campi em Pernambuco, Bahia e Piauí

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/07/2015 às 9:15
Leitura:

Mais de 500 professores da Universidade Federal do Vale de São Francisco decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (23) no Sertão do Estado.

Uma reunião foi marcada no Campus Petrolina 7 para a manhã desta quinta. Além de professores, técnicos administrativos, terceirizados e alunos foram convocados para definir uma adesão ao movimento docente, já que os cortes orçamentários estão refletindo em todos os âmbitos da instituição.

Mesmo em recesso, as atividades administrativas, projetos de pesquisa e de extensão são realizados pelos professores. Entre as pautas de reivindicação estão a reestruturação do Plano de Cargos e Carreiras e a redução do orçamento de atividades de ensino e pesquisa. Na manhã dessa quarta-feira, terceirizados protestaram no campus de petrolina após o aviso prévio de 150 funcionários.

A Univasf tem campi em Petrolina, Juazeiro da Bahia, Paulo Afonso, e Senhor do Bonfim, também na Bahia, e na cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí. Em nota, a Univasf afirmou que foi informada oficialmente da greve e que o calendário acadêmico continua mantido até o momento.

Confira matéria completa na voz de Marco Aurélio, para a Rádio Jornal Petrolina:


Mais Lidas