ABALO SÍSMICO

Tremor de terra registrado em Caruaru atinge 3.3 graus na escala Richter


Segundo o Departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o epicentro foi calculado 12 quilômetros ao leste de Caruaru, na direção de Bezerros

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/07/2015 às 9:42
Leitura:
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imóveis

A cidade de Caruaru, no Agreste do Estado, voltou a sofrer abalos sísmicos neste final de semana. A população sentiu a terra mexer por volta das 18h42 do último sábado e o tremor atingiu 3.3 graus na escala Richter. Por causa da intensidade, outros municípios como São Caetano, Agrestina e Bezerros também se assustaram ao perceber a terra tremendo.

Segundo o Departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), instituição que estuda o fenômeno na região, o epicentro foi calculado 12 quilômetros ao leste da capital do Agreste, na direção de Bezerros.

Entenda, na reportagem de Giovane Gomes, o porquê desse abalo ter acontecido na localidade:

O maior tremor de terra registrado na área aconteceu em Caruaru, no dia 20 de maio de 2006, e atingiu 4 graus. Treze Estações Sismológicas são monitoradas pela UFRN na região.


Mais Lidas