Greve

Greve dos vigilantes preocupa usuários e trabalhadores do Hospital Regional do Agreste


No fim de semana passado, a sala de repouso dos médicos foi invadida por acompanhantes de pacientes que exigiam atendimento e medicamentos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/08/2015 às 9:59
Leitura:
Foto: Divulgação

Com a chegada de mais um fim de semana, aumenta a tensão dos profissionais de saúde que vão cumprir plantão a partir desta sexta-feira no Hospital Regional do Agreste, em Caruaru. No fim de semana passado, a sala de repouso dos médicos foi invadida por acompanhantes de pacientes que exigiam atendimento e medicamentos, mas, os poucos profissionais e a falta de insumos impossibilitaram a realização de alguns serviços.

A invasão se deu devido à ausência dos vigilantes que estão de greve e não chegam a um acordo para retomar as atividades. Para Francisco Fragoso, advogado do Sindicato dos Vigilantes de Pernambuco, os trabalhadores estão sendo vitimas do empurra-empurra. "Em todas as reuniões, quando nós tratamos diretamente com os secretários, eles apresentaram as suas dificuldades e as empresas, quando nós levamos para o Ministério do Trabalho, ou para a Superintendência, ou para a Agência do Trabalho, eles geralmente argumentam essa falência para pagamentos dessas faturas. Nós deixamos claro para o senhor procurador que seria interessante termos uma reuniao definitiva para que a gente resolva a situação dos trabalhadores", disse. "Nós não temos nada a ver com reequilibrios de órdem financeira ou contratual, a questão dos trabalhadores é fome institucionalizada, não estão sendo pagos nem os salários e nem as obrigações convencionais", completou.

Uma nova audiência para tratar sobre o caso está sendo marcada para a próxima terça-feira na Procuradoria Geral do Estado no Recife.

Confira o flash de Jaciara Fernandes:


Mais Lidas