SAÚDE

Devido à crise, prefeituras firmam parcerias do Hospital Regional de Limoeiro


Na gestão anterior, a unidade hospitalar contava com duas ambulâncias: uma básica e uma UTI. A básica foi retirada de atividade, comprometendo ainda mais a prestação de serviço

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/08/2015 às 15:07
Leitura:
Foto: Secretaria Estadual de Saúde


Diante da crise econômica que Pernambuco passa, vários serviços essenciais estão comprometidos. Em Limoeiro, no Agreste, a falta de ambulância no Hospital Regional José Fernandes Salsa tem sido principal alvo de reclamações nos últimos meses.

Na gestão anterior, a unidade hospitalar contava com duas ambulâncias: uma básica e uma UTI. A básica foi retirada de atividade, comprometendo ainda mais a prestação de serviço, que atende a 20 cidades do Agreste e da Mata Norte. Além da redução de uma ambulância, quatro motoristas contratados foram demitidos.

A alternativa encontrada pela direção do Hospital foi firmar parceria com as secretarias municipais. As prefeituras vão continuar disponibilizando ambulâncias para transferir os pacientes.

Confira outros detalhes na reportagem de Alfredo Neto:


Mais Lidas