CRIME

Segundo suspeito do assassinato da manicure Maria Adriane Lima foi identificado


O crime aconteceu em Caruaru, na última quarta-feira. A Polícia não divulgou nome do suspeito e realiza diligências para captura do segundo envolvido

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/08/2015 às 14:42
Leitura:
Foto: Reprodução


A Polícia Civil realizou uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (28), na delegacia regional de Caruaru, no Agreste do estado, para falar sobre o assassinato da manucire Maria Adriane Lima da Silva, de 28 anos. O crime aconteceu na última quarta (26). Familiares da vítima estiveram presentes na coletiva, que contou com a participação dos delegados da divisão de homicídios que preside o inquérito.

A polícia prendeu nesta quinta-feira (27), Everton Henrique de Mendonça Pires, o “Evinho”, de 23 anos, que confessou ser o autor dos seis disparos que tiraram a vida da vítima. O acusado teria recebido ordens de dentro do presídio de Limoeiro para cometer o crime, a pedido do amigo, o presidiário, Rosivaldo dos Santos Martins, desafeto do marido da manicure, Alexandre Bezerra de Souza, de 33 anos, que está na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

Quanto ao nome do terceiro envolvido no assassinato, que pilotava a moto, o delegado Márcio Cruz não revelou e explicou que ainda vão ser realizadas diligências e divulgações através do disque-denúncia, não realizando a divulgação do nome neste primeiro momento.

A irmã da vítima, Adriana Maria, concedeu entrevista à repórter Jaciara Fernandes e falou sobre o trabalho agilidade da polícia em capturar o responsável. “Nada vai trazer minha irmã de volta (...), mas a justiça está sendo feita”, disse.


Mais Lidas