Abatedouro

Por falta de abatedouro, animais são mortos de forma irregular em Salgueiro


A Adagro afirma que não pode fazer nada com relação ao abate irregular

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/08/2015 às 11:49
Leitura:

Há cerca de 10 anos a prefeitura municipal de Salgueiro, no Sertão pernambucano, começou a construção de um novo abatedouro para os caprinos e ovinos da região, porém, a obra que deveria ter sido concluida está parada e os animais estão sendo abatidos de forma irregular.

No local em que está sendo construído o abatedouro, muita coisa ja está deteriorada por conta do tempo, não há sinal de que o projeto foi retomado. A construção começou em 2005, e o que se percebe além de pias e portas quebradas, é o mato que cresceu na parte de fora, tornando o lugar com aspecto abandonado.

O valor gasto com a obra já ultrapassou os R$644 mil, segundo a Câmara Municipal de Salgueiro. A Agência de Defesa e Fiscalização da Pecuária de Pernambuco, a Adagro, afirma que não pode fazer nada com relação ao abate irregular. Segundo Percival Freire, gerente da regional, a Agência fiscaliza os abatedouros registrados na Adagro, abatedouros clandestinos são de competencia do município. Já o prefeito Marcondes Libório, afirmou que a prefeitura não tem dinheiro para terminar a obra. Para isso, precisa-se mudar o Pacto Federativo, como está, o município não tem condições de mudar.

Confira o flash de Roberto Gonçalves:


Mais Lidas