DESCONSOLO

Polícia vai exumar corpo da bebê que morreu após infecção medicamentosa em Bezerros


A menina teria reagido mal a uma dose de buscopan indicado para as cólicas. Pais acreditam em erro médico

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/09/2015 às 7:06
Leitura:
Imagem: reprodução/TV Jornal Bezerros


Com informações de Thomás Alves, da TV Jornal Bezerros

Com apenas três dias de vidas, a nenê Maria Vitória apresentava dores abdominais e foi levada a Unidade Mista de Saúde São José, que fica em Bezerros, no Agreste pernambucano. O médico de plantão, que não teve o nome divulgado, receitou a ingestão de 10 gotas de buscopan a cada oito horas e a mandou de volta para casa. O corpo do bebê será exumado em 20 dias.

De acordo com a mãe da criança, Maria Vitória teria passado mal já depois da primeira dose. Com dificuldades para respirar e sem reagir bem aos cuidados da mãe, a menina foi levada para Caruaru. Amanda Micaela, explica como notou que a filha não estava bem. Ela lamenta a morte da menina: “ele tirou uma vida de mim, não tirou um brinquedo, tirou uma vida”.

A menina morreu no dia 18 de setembro, com 10 dias de vida, em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Para os pais da criança, ela foi vítima de erro médico. Wellison Sérgio diz que eles fizeram tudo o que foi possível e que os responsáveis precisam ser punidos.

O caso está sendo investigado pelo conselho regional de medicina Cremepe e pela delegacia de bezerros. O delegado responsável pelas investigações, Humberto Pimentel, afirma que existem muitas perguntas estão sem respostas:


Mais Lidas