ELEIÇÕES

Resultado de eleições para Conselho Tutelar de Garanhuns é suspenso


O Ministério Público e a comissão organizadora decidiram impugnar duas urnas, que estavam com o lacre violado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/10/2015 às 10:23
Leitura:

As eleições para conselheiros tutelares de Garanhuns, continuam repercutindo. No último domingo, foram eleitos cinco conselheiros, mas, na apuração do domingo para a segunda, o Ministério Público e a comissão organizadora decidiram impugnar duas urnas; uma no distrito de Iratama, e a outra no bairro do Magano, alegando que o lacre foi violado.

Na última quarta-feira, a comissão se reuniu novamente e informou que iria aceitar a contagem dos votos das duas urnas. O recurso foi empetrado por um dos candidatos, alegando que a urna não foi violada, mas se abriu quando o carro que a recolhia passou por uma estrada de barro.

Confira os detalhes na matéria de Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns:

Quando a comissão ia contar estas duas urnas, o advogados de uma das candidatas, que ganhou por apenas nove votos de diferença, chegou ao Ministério Público, e foi concedida a liminar que suspendia a contagem dos votos.

Depois da confusão, os candidatos informaram que vão entrar na justiça.


Mais Lidas