DENÚNCIA

Em Solidão, funcionários públicos recebem bolsa família irregularmente


Ao todo, 2.012 famílias são atendidas no município e o valor total pago mensalmente pelo programa é de R$ 214.850

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/11/2015 às 11:52
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet

Foram registradas, no município de Solidão, no Sertão Pernambucano, discrepâncias na distribuição do programa Bolsa Família. O benefício é disponibilizado pelo Governo Federal a pessoas em estado de extrema pobreza.

Porém, segundo denúncias baseadas no Portal da Transparência, servidores públicos estariam recebendo irregularmente o benefício, dentre os quais estão membros da Câmara de Vereadores do município, professores, e a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social e outros. Ouça abaixo a matéria de Anchieta Santos:

Hoje, a coordenadora do programa no município, Aparecida Genú, falará à imprensa da região sobre as denúncias. O valor total dos benefícios sociais pagos mensalmente pelo programa em Solidão é de R$ 214.850, sendo que 2.012 famílias são atendidas.


Mais Lidas