DENÚNCIA

Esposas de detentos denunciam prostituição em presídio de Petrolina


Segundo elas, as mulheres chegam a passar dias na unidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/11/2015 às 9:42
Leitura:
Foto: Divulgação/Internet

De acordo com denúncias de esposas de detentos, a Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina, tem servido constantemente como local de prostituição. Segundo elas, as prostitutas entram tranquilamente dentro da unidade e algumas passam dias dormindo no local, onde pela regra, apenas pessoas familiares dos presos são autorizados a entrar.

O diretor da Unidade Prisional, Alessandro Barbosa explicou que cada detento tem direito a cinco visitas semanais, além da visita íntima, que acontece nos sábados. Ouça abaixo a matéria de Marco Aurélio:


Mais Lidas