OPERAÇÃO

Volta de vereadores à Câmara de Caruaru causa prejuízo de R$ 225 mil


Os cinco vereadores deveriam ter sido reempossados em agosto deste ano, segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/12/2015 às 11:19
Leitura:

A volta de cinco vereadores afastados das funções em decorrência da operação Ponto Final I, realizada pela Polícia Civil na Câmara de Vereadores de Caruaru, no Agreste do Estado, trouxe um prejuízo de R$ 225 mil aos cofres públicos. O motivo da dívida é que, segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco, o Poder Legislativo deveria ter empossado os parlamentares desde 9 de agosto e, como isso só aconteceu na última quarta-feira (16), a Câmara pagou salários de R$ 9 mil a 33 vereadores, ao invés de 23.

Além disso, também houve os salários dos suplentes que exerciam mandados de vereador e aos próprios afastados. Se o prazo tivesse sido cumprido, a Câmara teria economizado um valor próximo de R$ 225 mil.


Mais Lidas