Cinco pessoas são assassinadas nos primeiros quatro dias de 2016 em Caruaru


Além das cinco mortes, também foi registrada uma tentativa de homicídio a uma mulher no município

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/01/2016 às 9:04
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet

Depois da passagem de 2015, ano mais violento da história de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a cidade ainda sofre com a violência na cidade. Só nos primeiros quatro dias de 2016, cinco pessoas foram assassinadas no município, que registrou 205 mortes no ano passado.

As vítimas foram Edgar da Silva, de 19 anos; Caíque Everton de Lima, de 17 anos; Luiz Carlos Félix, de 25; José Felipe da Silva, de 18 anos e a quinta vítima ainda não foi identificada.

A Polícia também registrou uma tentativa de homicídio contra Josilene Maria, de 37 anos, que foi atingida por vários golpes de espeto de churrasco. A vítima foi socorrida ao Hospital Regional do Agreste (HRA), onde se recupera.

O agente da Polícia Civil Eduardo Bruce, que trabalhou na ocorrência da tentativa de assassinato e no caso do homicídio de José Felipe da Silva, lamenta a dificuldade de colher informações que ajudem a solucionar o caso do assassinato. “O que impera é a ‘lei do silêncio’. A população não ajuda prestando informações. Vamos usar o banco de dados que tempos para ver os crimes a que ele respondia para fortalecer as investigações”, comentou.

Ouça abaixo a matéria de Jaciara Fernandes:


Mais Lidas