RECLAMAÇÕES

Com a seca, ranking de reclamações muda no Procon Caruaru


Serviços essenciais, como os relacionados ao fornecimento de água, ocupam agora o segundo lugar

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/01/2016 às 9:04
Leitura:

Só em 2015, foram quase 14 mil atendimentos no Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) de Caruaru, no Agreste do estado. Diferente de anos anteriores, o ranking do órgão sofreu alteração no ano passado.

Em primeiro lugar, estão os assuntos financeiros, como reclamações relacionadas a bancos e a empresas de cartões de créditos. Em segundo lugar, ficaram os serviços essenciais, como companhias fornecedoras de água, luz e plano de saúde. Em terceiro lugar, produtos como eletroeletrônicos.

Antes, os serviços essenciais ocupavam a terceira posição. Essa mudança no ranking se deu diante da escassez de água na região. Diariamente o Procon atende uma média de cem pessoas, 40% delas são usuários insatisfeitos com a demora no atendimento às solicitações de carros-pipa e pelo não cumprimento do calendário de abastecimento.


Mais Lidas