AGRESTE

Idosa de 83 anos morre após discussão com funcionário da Compesa em Bezerros


Segundo a família, o homem teria entrado na residência e acusado a idosa de roubar água da Compesa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/01/2016 às 9:08
Leitura:

Em Bezerros, no Agreste pernambucano, a Polícia investiga o caso de uma idosa de 83 anos que morreu após uma discussão com funcionário da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Segundo a família, Josefa Maria Nunes estava em casa com o marido quando o funcionário da companhia chegou à residência e questionou sobre o abastecimento de água encanada. Foi quando a idosa informou que, há mais de dez anos, eles não utilizavam água da Compesa.

A partir daí, os dois teriam iniciado uma discussão e o homem, que ainda não foi identificado, teria entrado na casa e aberto uma das torneiras onde a água utilizada vem de uma caixa. A nora da idosa, Laiana Silva, explica que o funcionário teria acusado Josefa Maria Nunes de roubar água da Compesa.

Neste momento, a idosa passou mal, caiu e machucou a cabeça. Ela ainda foi socorrida, mas não resistiu e morreu. De acordo com o atestado de óbito, a idosa sofreu morte súbita cardíaca.


Mais Lidas