DESCASO

Sinpol denuncia situação nos IMLs de Pernambuco


A ameaça de greve da unidade do Recife pode afetar as outras, no interior do estado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/02/2016 às 9:34
Leitura:

Com a ameaça de paralisação dos funcionários do Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, a poucos dias do carnaval, por causa das más condições de trabalho, a possível greve poderá atingir também as cidades do interior do estado, como Caruaru, no Agreste.

Em 2015, um dossiê foi feito pelo Sindicato de Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), contendo fotos e vídeos de instalações e equipamentos precários utilizados por funcionários do Serviço de Verificação de Óbito (SVO), na capital e no interior. Segundo o levantamento, até ferramentas da construção civil estavam sendo utilizadas no manuseio dos corpos.

Ainda no ano passado, o Sinpol entrou com uma ação pública contra o Governo do estado por causa das péssimas condições de trabalho nos IMLs do Recife, Caruaru e Petrolina. Uma outra ação foi ajuizada no Ministério Público do Trabalho, pelos mesmos motivos.

A crise na segurança pública atinge também os policiais civis, porque o Governo teria descumprido o acordo feito com a categoria. Eles realizam assembleia nesta terça-feira (2), para decidir pela greve ou não.


Mais Lidas