SAÚDE

Hospital Mestre Vitalino é referência no tratamento da síndrome de Guillain Barré


O hospital atende pacientes de 53 municípios da região e já é referência no tratamento da microcefalia

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/02/2016 às 17:50
Leitura:
Foto: Divulgação


O Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, no Agreste do estado, já funciona como referência na Síndrome de Guillain Barré, doença auto-imune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca parte do sistema nervoso.

O hospital atende pacientes de 53 municípios da região e já é referência no tratamento da microcefalia. O HMV vai dispor de médicos e remédios. Todas as atenções vão ser redobradas para o diagnóstico médico, por isso, todos os profissionais de saúde de unidades da região receberam capacitação para identificar os casos.

O gerente da 4a. gerência de saúde, Djair Ferreira afirma que o HMV está pronto para receber os pacientes. “A gente espera que não tenha pacientes, mas com a epidemia de Zika e sendo a doença um dos fatores predisponentes ao aparecimento dessa síndrome, a gente teve o triste fato da morte da moça de Pesqueira, que foi o que despertou essa necessidade”, disse.

Djair Ferreira falou ainda sobre a importância do serviço para o Agreste de Pernambuco e citou que não há casos confirmados da doença na rede pública em Caruaru.

Confira a reportagem de Núbia Silva:


Mais Lidas