ÁGUA

Coliformes fecais são encontrados na água distribuída em escolas e hospitais de Caruaru


Denúncia foi feita pelo projeto Águas do Agreste, que avalia a qualidade da água de escolas públicas na região

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/03/2016 às 9:26
Leitura:
Reprodução/Internet


Uma reunião foi realizada na tarde da última terça (22), em Caruaru, no Agreste do Estado, entre representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Rede Hospitalar, Vigilância Sanitária e da 4ª Gerência de Saúde Regional (GERES). O motivo do encontro foi debater um problema sério: coliformes fecais foram encontrados na água que é distribuída em escolas e hospitais de Caruaru.

O diagnóstico foi feito pelo Águas do Agreste, projeto de extensão de uma faculdade particular que, há 10 anos, avalia a qualidade da água em escolas públicas em várias cidades da região. Segundo o diretor de Vigilância em Saúde de Caruaru, Paulo Florêncio, a Compesa, a 4ª GERES e a Vigilância Sanitária do município vão trabalhar em conjunto para produzir um relatório e acionar os responsáveis pelos estabelecimentos para que seja sanado o problema.

Já o promotor de Justiça Paulo Augusto informou que vai ser requisitada dos representantes do município a adoção de medidas de providência, para que a situação seja resolvida. Uma nova inspeção da Vigilância Sanitária vai ser realizada para verificar se as medidas tomadas corrigiram o problema.
Ouça mais na reportagem de Jaciara Fernandes:

[uomais_audio 15807526]


Mais Lidas