GRIPE SUÍNA

Morte por H1N1 é investigada no município de Riacho das Almas, no Agreste


Jovem de 28 anos morreu no último sábado (26), no Hospital Otávio de Freitas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/04/2016 às 8:43
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet


A Secretaria de Saúde do Estado (SERES) investiga uma morte por H1N1, também conhecido como Gripe Suína, em Riacho das Almas, no Agreste do Estado. José Jobson, 28, morreu no sábado (26), após quatro dias de fortes dores musculares, febre alta, falta de ar e secreções. O laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) deve sair nos próximos 90 dias.

Até lá, a família de Jobson está em alerta: todos que tiveram contato com a vítima foram vacinados contra o vírus. Segundo o pai de Jobson, ele foi levado para o Hospital Otávio de Freitas, no Recife, e morreu na unidade de saúde um dia após sofrer uma parada e ser entubado.

A transmissão do H1N1 ocorre pelas secreções respiratórias do doente, e até pelas mãos. Os sintomas da doença são muito parecidos com os de uma gripe comum, além de dor no tórax e falta de ar. Hábitos como higiene apropriada das mãos ajudam na prevenção. Uma campanha nacional para ajudar a combater o H1N1 será realizada a partir do dia 30 de abril.

Confira a reportagem completa de Jaciara Fernandes:


Mais Lidas