ARTRITE REUMATÓIDE JUVENIL

Família de Petrolina culpa Estado por morte de menino de 7 anos que deixou de receber remédios

José Wesley era portador de artrite reumatóide juvenil e veio a óbito na última sexta-feira (22). Governo de Pernambuco era responsável por tratamento

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/04/2016 às 9:31
Leitura:
Foto: Reprodução/Blog Petrolina News


A despedida de José Wesley Januário, 7, no bairro de Antônio Cassimiro I, em Petrolina, no Sertão do Estado, foi marcada por comoção e revolta no último fim de semana. O menino era portador de artrite reumatóide juvenil e veio a óbito na última sexta-feira (22) após passar meses sem receber os medicamentos necessários para o tratamento.

Em 2014, a Justiça determinou que o Governo de Pernambuco seria o responsável pela compra de medicamentos que o menino precisava para sobreviver. Desde janeiro, os pais do garoto esperavam por uma resposta objetiva da Secretaria Estadual de Saúde. José, porém, acabou falecendo. A artrite reumatóide juvenil afeta as articulações e impede o crescimento, comprometendo a qualidade de vida. O pai do menino, José Dorgival da Silva, relembra como era difícil o acesso ao remédio:



Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informa que estava negociando com o fornecedor a compra do remédio especial. Não há um prazo para a entrega do produto, o que coloca em risco outros pacientes que dependem desta medicação.

Mais Lidas