Inquérito conclui que Marcolino Júnior foi morto em motel após ter sido dopado

Corpo do jornalista foi encontrado no dia 18 de abril na Zona Rural de Sairé

MARCOLINO

Do NE10

Foto: Reprodução


O jornalista Marcolino Júnior foi morto dentro de um motel em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, de acordo com a Polícia Civil. Em coletiva na manhã desta segunda-feira (2), o delegado Márcio Cruz afirmou que o jornalista teria sido morto após um mata-leão, dado por Rafael Leite da Silva, 32 anos, dentro de um quarto do motel.

O suspeito teria esfaqueado a vítima, na região do pescoço. Após cometer o crime, ele embrulhou o corpo do jornalista em uma bolsa plástica e prendeu com uma fita adesiva. O jornalista foi morto no sábado (16), por volta das 18h. Segundo os peritos, amostras de sangue do jornalista foram encontradas no quarto do motel e no porta-malas do carro, onde o jornalista foi transportado após ser morto.

Em depoimento, Rafael Leite da Silva teria confessado que dopou Marcolino antes de cometer o crime. "Temos isso no processo. Rafael admite ter colocado diazepan e outros remédios em um sorvete que Marcolino tomou. Nós confirmamos a presença dele nessa sorveteria com o suspeito. Ainda não temos como precisar se ele realmente ficou inconsciente depois disso", detalha o delegado.

Uma faca, que teria sido usada no crime, foi encontrada na casa da noiva do Rafael, em São Caetano, no Agreste. A polícia informou que mulher foi ouvida e está sendo investigada. A perícia realizada pelo Instituto de Criminalística (IC) também encontrou objetos do jornalista dentro do carro dele e a fita utilizada para prender o pescoço.

O delegado confirmou ainda que Davi Fernando Ferreira Graciano, 22, planejou matar o colunista social para roubar o carro. “Ele não se achava reconhecido no trabalho, foi o que alegou no depoimento, mas o crime foi cometido por causa do patrimônio da vítima. Ele confirma que o Davi planejou tudo e que iria receber dinheiro para cometer o crime”, explicou.

ENTENDA - O corpo do jornalista e colunista social Marcolino Júnior foi encontrado no dia 18 de abril em um matagal, no Distrito de Insurreição, na zona rural de Sairé. Os suspeitos foram presos dois dias após o crime. Um deles estava com o carro da vítima e o outro seria o mandante do crime.

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO