FRAUDE

Esquema fraudulento de concessão de benefícios em Limoeiro causa prejuízo de R$ 1 milhão

Operação deflagrada na última terça prendeu um funcionário terceirizado e afastou dois servidores, além de outras medidas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/05/2016 às 9:53
Leitura:

Uma auditoria feita em 2014 desencadeou investigações da Polícia Federal que descobriram um esquema fraudulento de concessão de benefícios na agência da Previdência Social em Limoeiro, no Agreste do Estado, que causou um prejuízo de R$ 1 milhão. A operação Citrus Prev foi deflagrada na última terça-feira (3), com 11 mandatos de busca e apreensão e 14 de condução coercitiva.

Dez homens e quatro mulheres prestaram depoimento formal na Superintendência da Polícia Federal no Recife. Eles são moradores dos municípios de Limoeiro, Carpina, Timbaúba, Paudalho, Lagoa do Carro e Camutanga. Um funcionário terceirizado da agência foi preso e dois servidores do órgão estão afastados das atividades.

Além de benefícios como aposentadorias e pensões, o grupo criminoso também obtia empréstimos consignados. O chefe de comunicação da PF em Pernambuco, Giovani Santoro, diz que a fraude era escancarada:

Mais Lidas