OMISSÃO

Polícia Civil de Garanhuns investiga morte de bebê por falta de socorro

Criança de 1 ano e 7 meses deu entrada no Hospital Regional Dom Moura já sem vida

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2016 às 11:15
Leitura:

A Polícia Civil investiga o caso de uma criança de 1 ano e 7 meses que deu entrada na última terça-feira (10) no Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, no Agreste do Estado, já sem vida. Segundo a polícia, a mãe da criança de 29 anos, teve quase 15 dias para levá-la ao hospital e não o fez, caracterizando omissão.

Segundo o Conselho Tutelar do município, houve uma denúncia de que a criança estava muito doente e a mãe se recusava a prestar socorro. O Conselho foi até a residência da família e acusou a mãe de não dar remédios à criança, mas nada fez além disso. A criança estava sem socorro desde o 27 de abril e o Dom Moura recebeu o bebê, já morto, na tarde de ontem.

A mãe e o padrasto, de 32 anos, estão sendo investigados por omissão. Saiba mais na reportagem de Eduardo Peixoto:

Mais Lidas