ATRASO

Obras de duas UPAs em Caruaru estão atrasadas desde 2012

Município alega falta de verbas federais para concluir as obras, que estavam previstas para durar 120 dias

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/05/2016 às 10:41
Leitura:
Foto: Reprodução


As obras de construção de duas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) em Caruaru, no Agreste do Estado, estão atrasadas desde 2012. O projeto previa a finalização das obras em até 120 dias, mas o ano já é 2016 e, até agora, nada. O valor investido em cada um dos prédios foi de quase R$ 3 milhões.

Os prédios já foram concluídos e uma das justificativas do Governo Municipal para a demora da entrega que é falta verba do Governo Federal para montar o maquinário e os móveis. Enquanto isso, a população sofre, precisando das unidades. As UPAs deveriam atender aos bairros das Rendeiras e da Boa Vista.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Caruaru informou que já comunicou oficialmente ao Ministério da Saúde que as obras físicas das UPAs já foram concluídas. Ainda segundo a nota, cabe, agora, ao Governo enviar os recursos necessários para a compra dos equipamentos da unidade. Saiba mais no flash de Núbia Silva:

Mais Lidas