REPASSES

MPPE marca reunião para discutir situação do Centro de Oncologia de Caruaru

Repasse do SUS está atrasado desde 2015, prejudicando pacientes com câncer em tratamento na unidade

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 31/05/2016 às 9:21
Leitura:
Foto: Reprodução/Google Maps


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em Caruaru, no Agreste do Estado, agendou para a próxima quinta-feira (2) uma reunião para dicutir a falta de repasse para o Centro de Oncologia de Caruaru (CEOC). O encontro vai acontecer na sede da promotoria no município, com representantes da Secretaria Estadual de Saúde, do CEOC e do Ministério Público Federal.

O repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) não chega à unidade de saúde desde setembro de 2015. Sem verba, faltam medicamentos para dar continuidade ao tratamento de pacientes com câncer contemplados pelo SUS. O objetivo da reunião é pressionar o Estado e a União para que o pagamento seja feito. A dívida é de mais de R$ 3 milhões.

Segundo o promotor de Justiça, Paulo Augusto, a situação vai ser acompanhada de perto pelo MPPE. Ele disse, ainda, que os pacientes não podem ser prejudicados e o tratamento não pode ser interrompido. Saiba mais no flash de Núbia Silva:

Mais Lidas