FIG

Prefeitura de Garanhuns não vai contratar atrações para o FIG


Decisão foi tomada após denúncias de superfaturamento nas contratações de 2015

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/06/2016 às 9:31
Leitura:
Foto: Reprodução


Garanhuns, no Agreste do Estado, continua rodeado de polêmicas sobre a 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O evento, cada vez mais próximo, ainda não tem nem uma data oficial, já que existem reuniões marcadas entre a Prefeitura de Garanhuns e o Governo do Estado para articular dois dias de festival que o município deve bancar, como nos dois anos anteriores.

O problema é que o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, informou que não vai mais contratar nenhuma atração para o FIG. Em 2015, a Prefeitura contratou Ana Carolina e Capital Inicial. Logo depois do festival, quatro vereadores da oposição denunciaram superfaturamento na contratação dos dois shows. Até o momento, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), responsável pelo caso, não concluiu as investigações sobre a denúncia. Sendo assim, o prefeito informou que, como não há conclusão, não vai chamar artistas este ano.

Segundo o promotor Domingos Sávio, responsável pelas denúncias, não vai haver tempo hábil para concluir as investigações antes desta edição do FIG. As atrações contratadas pela Prefeitura de Garanhuns seriam José Augusto, Biquini Cavadão e Roupa Nova. Já o Governo do Estado declarou na última terça (31) que só vai contratar atrações do Nordeste. Ou seja, em 26 anos, este deve ser o FIG mais restrito e pode ter apenas oito dias de duração. Ouça o flash de Eduardo Peixoto:


Mais Lidas