TRANSNORDESTINA

Obra parada da Transnordestina atrapalha desenvolvimento do Sertão


Inauguração da Plataforma Logística Multimodal traria muito desenvolvimento para Salgueiro, mas serviço depende da conclusão da Transnordestina

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/06/2016 às 11:20
Leitura:
Foto: Reprodução


O I Fórum Logística de Salgueiro, no Sertão do Estado, vai ser realizado no município nesta quinta-feira (2), para tratar do desenvolvimento da região. O evento é promovido pelo campus regional da Universidade de Pernambuco (UPE). No entando, desenvolvimento e Salgueiro levam para uma obra: a Plataforma Logística Multimodal, cujo projeto está muito atrasado e nem perto de se tornar realidade.

O problema é que a plataforma, que seria um porto seco e atrairia muitas empresas para Salgueiro, gerando centenas de empregos, está atrelada diretamente ao projeto da Transnordestina, que ainda não tem data para ser concluída. A obra foi paralisada após constatação do Tribunal de Contas da União (TCU) de irregularidades graves. O órgão, então, determinou a suspensão de repasses do Governo.

A obra só tem 39% dos trechos concluídos e já usou 83% dos recursos. O orçamento inicial da Transnordestina era de R$ 4 bi e 200 milhões. Hoje em dia, a obra custa R$ 11 bi e 200 milhões. Enquanto a Transnordestina não for concluída, nada de porto seco para Salgueiro. Saiba mais no flash de Roberto Gonçalves:


Mais Lidas