RESTOS

Área em que ossada foi encontrada em Garanhuns permanece isolada


Restos podem estar relacionados com o caso dos Canibais de Garanhuns, presos no município em 2012

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 17/06/2016 às 9:26
Leitura:
Ossada foi encontrada durante obra da Celpe ontem. Foto: Cortesia


O local onde uma ossada foi encontrada na última quinta-feira (16) em Garanhuns, no Agreste do Estado, permanece isolado pela Polícia Civil. A informação é de que funcionários de uma empresa que presta serviços à Celpe trabalhavam na remoção de um poste no bairro da Liberdade quando encontraram a ossada e chamaram a polícia.

O delegado responsável pelo caso é o titular da 22ª Delegacia de Homicídios, João Lins. Ele ainda não deu entrevista. Por meio de nota, a Polícia Civil disse ainda não ter certeza se a ossada é humana, mas há fortes indícios, já que os restos foram encontrados junto a um short infantil e fragmentos de camisa.

Caso seja confirmado que a ossada se trata de restos humanos, existe a suspeita de que o trio de canibais presos na cidade em 2012 após matar dois jovens, esquartejar e comer partes dos corpos, pode ser responsável pela morte. Antes de morar no bairro de Jardim Petrópolis, onde foi preso, o trio residia em um local muito próximo ao ponto em que a ossada foi encontrada. As investigações continuam e os ossos foram encaminhados para o Recife, onde passam por exames de DNA. Ouça o flash de Eduardo Peixoto:


Mais Lidas