VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Dezessete mulheres foram assassinadas no Sertão no primeiro semestre de 2016

Dados da Secretaria de Defesa de Pernambuco apontam que o principal motivo é não aceitação do fim de relacionamento

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/08/2016 às 10:44
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet

De acordo com dados da Secretaria de Defesa de Pernambuco, de janeiro a julho deste ano, nove mulheres já foram assassinadas no Sertão do São Francisco. O índice é quase o dobro dos crimes ocorridos na região no ano passado, onde foram contabilizadas cinco mortes.

Uma das motivações para esses tipos de crimes é a não aceitação do final do relacionamento. A delegada de homicídios de Petrolina, Sara Machado, orienta que as vítimas de violência precisam fazer as denúncias dos casos. “Nós fazemos um apelo a todas as mulheres que estão sendo ameaçadas, que procurem a polícia, procurem a rede de proteção do estado, porque o que está fazendo com que as mulheres morram é não procurar providências”, destacou.

Confira detalhes no Flash de Marco Aurélio:

No Sertão Central, nos seis primeiros meses do ano passado, nenhuma mulher foi assassinada. Esse ano, a polícia registrou duas mortes. Já no Sertão do Araripe, sete mulheres foram assassinadas no primeiro semestre do ano passado, e esse ano já foram contabilizados seis feminicídios.

Mais Lidas