INVESTIGAÇÃO

Recompensa de até R$ 10 mil por informação do caso Beatriz é reforçada


O reforço foi feito pelo Disque Denúncia após a divulgação das imagens do suspeito de cometer o crime contra Beatriz Mota, em dezembro do ano passado

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/09/2016 às 15:34
Leitura:
Foto: Arquivo Pessoal


Depois das imagens do suspeito de cometer o crime contra a menina Beatriz Mota terem sido divulgadas, o Disque Denúncia reforça a recompensa de até R$ 10 mil em recompensa para quem tiver informações sobre a morte da criança de 7 anos. A garota foi assassinada a facadas em dezembro do ano passado no Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão do Estado.

Na semana passada, a Polícia Civil divulgou um vídeo que mostra o principal suspeito de cometer o crime. O homem é negro, magro, tem aproximadamente 1,65 de altura e cabelos crespos.

Este homem teria sido visto no dia da festa de formatura que acontecia no colégio, vestindo camiseta verde e calça jeans. Ele teria fingido beber água no bebedouro para onde a criança disse que ia quando sumiu.

Outra informação repassada pela polícia foi de que uma criança, que estava na festa, disse que o homem a tinha chamado para buscar mesas e cadeiras, mas ela correu, com medo.

Para fazer denúncias, as pessoas podem ligar para os telefones (81) 3719.4545, no interior, ou (81) 3421.9595, no Grande Recife e Mata Norte. As informações podem ser repassadas ainda através do site do Disque Denúncia. O anonimato é garantido.

O coordenador do Disque Denúncia Agreste, Alexandre César, falou sobre a recompensa com a Rádio Jornal. Ouça na íntegra:


Mais Lidas