LIMOEIRO

Escola no Agreste Pernambucano supera meta no IDEB, mas não tem alunos


A Escola Estadual Padre Nicolau Pimentel, em Limoeiro, fechou as portas no início deste ano, e os alunos foram reordenados para outras instituições

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/09/2016 às 8:28
Leitura:
Foto: Cortesia/Blog do Agreste


A Escola Estadual Padre Nicolau Pimentel, também como conhecida Estadual de Limoeiro, fechou suas portas no início deste ano. A Gerência Regional de Educação Vale do Capibaribe (GRE) justificou o fechamento, alegando número insuficiente de matrículas. Os alunos e professores foram reordenados para outras unidades de ensino do município.

Mas o fato curioso é que a escola alcançou na última avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), divulgada neste mês de setembro e referente ao nono ano, a meta projetada para 2021. Saiba mais no flash de Alfredo Neto, da Rádio Jornal Limoeiro:

De acordo com o Ministério da Educação, a meta projetada para 2015 foi 3,4. Já para 2021 seria 4,3. Mas o Estadual chegou a 4,5. Proporcionalmente, a escola que teve as portas fechadas alcançou a maior nota dentre aquelas que integram a rede estadual em Limoeiro.

IDEB

No recente resultado divulgado pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), apenas a Escola Professora Jandira de Andrade Lima (CERU) foi a única que não conseguiu atingir a meta em Limoeiro. As escolas Professora Suzel Galiza, Ginásio de Limoeiro e Seráfico Ricardo conseguiram superar os números propostos pelo MEC.


Mais Lidas