FALSO MÉDICO

Boliviano que se passava por médico em Cupira é preso em Caruaru

O falso médico afirma que achou um CRM na internet e fez um carimbo. Ele usava documentos de um médico que já teve o registro cassado

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/09/2016 às 9:33
Leitura:
Boliviano usava documentos de um médico que já teve o CRM cassado. Foto: divulgação


Um boliviano foi preso em Caruaru enquanto acompanhava um paciente idoso no Hospital Mestre Vitalino vindo da cidade de Curpira, no Agreste do Estado. Mário de Almeida Terolo se passava por médico, usava documentos falsos e apresentava um CRM encontrado na internet. Saiba mais na reportagem de Berg Santos:

CRM FÁCIL

O boliviano usava os documentos de André Luiz de Oliveira, de 35 anos, e disse ter feito um carimbo com os dados encontrados na internet. Com o carimbo e o CRM, Mário exercia ilegalmente a profissão de médico.

O tenente de operações da Polícia Militar afirma que o boliviano entregou os documentos de um médico que teve o registro cassado. No interrogatório, o falso médico chegou a afirmar que realmente tinha cursado medicina na Bolívia, mas apresentou documentos que provassem.

De acordo com o delegado Eduardo Sunaga, responsável pelo flagrante do caso, afirma que ele foi preso por atividade irregular de mediciana e falsa identidade. Como essas penas são afiançáveis, o falso médico pode responder em liberdade. Se não puder pagar o valor, ele será apresentado na audiência de custódia, em seguida, destinado ao sistema prisional.

Leia também: Hospital Mestre Vitalino é referência no tratamento da síndrome de Guillain Barré

Mais Lidas