SECA

Em colapso, Barragem de Jucazinho pode romper quando recuperar volume


O Ministério Público Federal em Caruaru recomendou ao DNOCS obras de recuperação da barragem, evitando assim acidentes futuros

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/09/2016 às 8:40
Leitura:
Foto: Roberto Spencer/JC Imagem

O Ministério Público Federal em Caruaru expediu recomendação ao Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS) para que realize com urgência obras de adequação e recuperação da Barragem de Jucazinho, localizada no município de Surubim, agreste pernambucano. O objetivo é evitar acidentes no período de chuva, por conta de danos estruturais existentes na represa.

Saiba mais no flash de Berg Santos:

O Procurador Luiz Antônio Miranda, responsável pela recomendação, explica que caso volte a chover hoje, existe risco de rompimento da barragem de Jucazinho, devido a estabilidade do local. Em nota, a diretoria geral do DNOCS informou que abrirá o processo de seleção da empresa que vai realizar o trabalho. Atualmente, os valores de mercado estão sendo avaliados, para em seguida ser lançado o termo de referência.

COLAPSO

A barragem de Jucazinho entrou em colapso no último dia 27 de setembro, de acordo com a Compesa. Cerca de 200 mil pessoas estão sendo afetadas. Ainda de acordo com a companhia, o abastecimento das cidades foi reorganizado através outras barragens e carros pipas.


Mais Lidas