CRIME

Um dos suspeitos de chacina em Poção é preso e caso pode ser esclarecido


Chacina aconteceu em fevereiro de 2015. Na ocasião, quatro pessoas foram mortas, sendo três conselheiras tutelares

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/10/2016 às 16:01
Leitura:
Assassinato aconteceu no início do ano passado
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem

Com a prisão de um dos suspeitos da chacina onde quatro pessoas foram assassinadas, cada uma com um tiro, sendo três conselheiros tutelares na cidade de Poção, no Agreste de Pernambuco, a Promotoria de Justiça espera esclarecer todo o caso, pois conta o depoimento do suspeito para chegar ao mandante, intermediários e demais executores.

Confira os detalhes na reportagem de Núbia Silva:

Wellington Silvestre, de 27 anos, foi preso na cidade de Santa Helene, no Maranhão, nesta terça-feira (26). De acordo com a Justiça, o suspeito dá detalhes do caso através de um áudio gravado e encaminhado para a Justiça. A promotoria já adianta que o julgamento poderá acontecer no primeiro semestre de 2017. A chegada do suspeito a Pernambuco já está sendo providenciada.

Motivo da chacina

A chacina aconteceu por causa da guarda de uma criança, única sobrevivente do crime cometido em fevereiro de 2015. Segunda a Justiça, a família dividia a guarda da menina. Ana Rita Venâncio foi a quarta vítima da chacina e era avó materna da criança.


Mais Lidas