INQUÉRITO

Mortes na Funase de Caruaru foram motivadas por disputa de poder


Inquérito sobre as 7 mortes no dia 31 de outubro, na Funase de Caruaru, concluiu que as mortes foram comandadas por três internos já maiores de idade

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/12/2016 às 16:08
Leitura:
Foto: Reprodução/ TV Jornal

Durante coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, os delegados da Divisão de Homicídios do Interior, Francisco Souto Maior e Bruno Vital, afirmaram que a motivação dos sete assassinatos, no dia 31 de outubro, na Funase do município foi a disputa de poder e o controle de pavilhões.

Além disso, as mortes foram comandadas por outros três internos já maiores de idade, que faziam o seguinte: junto com outros menores, davam ordens de comando e quem descordasse seria assassinado.

Confira outros detalhes no flash de Alexandre Magnun:

Outro fator que chamou atenção dos delegados foi a organização dos criminosos que agiam em conjunto e à noite.

Delegado Bruno Vital disse que os menores eram responsáveis por cometer os assassinados a mando do comando.

Os acusados serão encaminhados para penitenciárias da região.


Mais Lidas