AGRESTE

Salgadinho só tem dois policiais e viatura está quebrada há 10 dias


Não há previsão para conserto da viatura da Polícia. Em caso de ocorrências graves, a cidade precisa pedir socorro a Passira

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/12/2016 às 9:21
Leitura:
Imagem ilustrativa. Foto: Bernardo Soares/ Acervo JC Imagem


Reportagem de Alfredo Neto

Com aproximadamente 10 mil habitantes, o município de Salgadinho, no Agreste Setentrional do Estado, convive diariamente com a violência. São apenas dois policiais militares por plantão para fazer a segurança de toda a cidade e a única viatura da PM está quebrada há mais de 10 dias.

Com a precariedade na segurança pública, a onda de assaltos voltou a assustar a cidade, que se destaca no turismo pelas águas termais. Na noite dessa quinta-feira (22), o alvo foi a família da vereadora eleita Josefa Severina, mais conhecida como Joelma de Olegário. De acordo com a ela, uma dupla de assaltantes invadiu duas propriedades no Sítio Quimadas, fez as pessoas de refém e levou os celulares. "Foi tudo muito rápido. Duas pessoas chegaram a pé, uma com capacete na cabeça e outra encapuzada", diz.

Sem previsão de melhoras

Um vereador de Salgadinho que pediu para não ser identificado afirmou que a viatura está com problemas mecânicos. De acordo com o Comando da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar, responsável pela cidade, não há previsão para o conserto da viatura. No caso de ocorrências graves, os policiais de plantão deve pedir ajuda ao município de Passira.


Mais Lidas