SEGURANÇA

Delegacia da Mulher em Garanhuns reduz registro de ocorrências em 2016


A Delegacia da Mulher contabilizou uma diminuição de 3,5% no registro dos boletins de ocorrência em relação ao ano de 2015

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/12/2016 às 15:05
Leitura:
Foto: Reprodução/ Agreste Alerta


A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Garanhuns, divulgou o número de boletins de ocorrência registrados no serviço. De janeiro a novembro de 2016, foram verificadas 470 ocorrências, contabilizando uma baixa de 3,5% comparando ao ano passado.

Os números foram distribuídos em dez categorias: ameaça, dano, difamação, estupro, extravio, invasão de domicílio, injúria, lesão corporal, vias de fato e outros. As ameaças foram as ocorrências de maior número, ao todo foram 220 casos. Em 2015, foram 267 mulheres ameaçadas.

Confira os detalhes na reportagem de Eduardo Peixoto:

A delegada Débora Bandeira, titular da delegacia, disse que o objetivo da polícia é esclarecer o crime, independente de nível financeiro e o que importa é a defesa da mulher. Além da Delegacia da Mulher, Garanhuns tem a Secretaria da Mulher que trabalha em comum acordo. A pasta realizou 888 atendimentos este ano.


Mais Lidas