POLÍTICA

Prefeito de Caruaru avalia gestão e diz deixar dinheiro em caixa


Para encerrar os trabalhos, o prefeito José Queiroz reuniu-se com secretários, servidores e diretores para uma avaliação geral

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/12/2016 às 10:38
Leitura:
Foto: Repridução/ Internet


Após oito anos de mandato, o prefeito de Caruaru, José Queiroz, que encerra as atividades neste sábado (31) fez um balanço da gestão municipal, durante o período que comandou a prefeitura, em entrevista à Rádio Jornal. Para encerrar os trabalhos, nessa quinta-feira (29), no centro de convenções, no município, o chefe do executivo reuniu secretários, servidores e diretores para uma avaliação geral.

A gestão marcada por polêmicas como a redução das gratificações após aprovação do plano de cargos e carreiras dos professores, cachê do cantor Wesley Safadão, que depois de se apresentar no São João de Caruaru, houve especulações de superfaturamento, além da Operação Ponto Final que culminou na prisão de dez vereadores.

Confira os detalhes no flash de Núbia Silva:

Dinheiro em caixa

Apesar dos problemas, o prefeito garantiu que deixou dinheiro em caixa para a futura chefe do executivo da cidade, Raquel Lyra, seguir com alguns projetos. “O Hospital Infantil tem R$17 milhões assegurados e tem um saldo ainda do governo Eduardo Campos”, afirma.


Mais Lidas