VIOLÊNCIA

Tiroteios marcam festas de São Sebastião em cidades do Agreste


Na Festa de São Sebastião em Bonito, cinco pessoas foram baleadas. Já no evento em Frei Miguelinho, vários tiros foram efetuados e os suspeitos fugiram.

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/01/2017 às 11:19
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet

Uma das maiores festas do Agreste pernambucano, a tradicional Festa de São Sebastião terminou em confusões e trocas de tiros em duas das cidades em que foi realizada, na madrugada desse domingo (22). Em Bonito, cinco pessoas foram baleadas, dentre elas um policial e uma garota de 14 anos. Já em Frei Miguelinho, foram efetuados vários disparos de arma de fogo nas proximidades do palco principal. Até o momento, ninguém foi preso.

Cinco pessoas baleadas em Bonito

No evento de Bonito, uma das principais atrações, o cantor Pedrinho Pegação, chegou atrasado e se apresentou no palco somente por 14 minutos, o que deixou o público revoltado. No entanto, o que causou pânico à população foi a confusão entre grupos rivais, segundo informações da Polícia Militar. A briga aconteceu na saída do pátio da festa até a Av. Dr. Alberto de Oliveira, onde ficam estacionados os carros de lotações.

Ouça o relato do policial militar Hermínio Silva a respeito da confusão, na reportagem de Núbia Silva, da Rádio Jornal Caruaru:

Durante a confusão, uma garota de 14 anos foi atingida com um tiro na cabeça, enquanto aguardava a lotação para o município de Sairé, onde mora. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital da Restauração, na capital pernambucana. Já o policial foi ferido com um tiro no pé e socorrido para o Hospital Municipal. Outras três pessoas também ficaram feridas.

Suspeitos de tiroteio fogem em Frei Miguelinho

O clima de animação foi interrompido pelo medo no povoado de Topadas, na Zona Rural do município de Frei Miguelinho, onde ocorreu a Festa de São Sebastião. Por volta das 3h, foram efetuados vários disparos de arma de fogo nas proximidades do palco do evento, de acordo com a Polícia Civil. Os autores dos disparos conseguiram fugir e não foram identificados.

Ouça os detalhes do caso na reportagem de Luís Côrrea, da Rádio Jornal Limoeiro:

Ainda conforme a polícia, os suspeitos fugiram por um beco e se esconderam dentro de um matagal. No momento em que os policiais se aproximaram do local, foram recebidos com tiros, mas ninguém ficou ferido. A motivação da agressão ainda é desconhecida e o caso está sendo investigado pela delegacia de polícia local.


Mais Lidas