FATALIDADE

Acidente na PE-103, em Bonito, deixa mãe, pai e bebê de 2 meses mortos


Acidente na PE-103 aconteceu após uma colisão envolvendo um caminhão e uma parati quando a família voltava de um casamento

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/01/2017 às 9:14
Leitura:
Foto: Reprodução/ Bonito 360 graus


Um trágico acidente na PE-103, próximo à cidade de Bonito, no Agreste de Pernambuco, envolvendo um caminhão e uma parati deixou três pessoas mortas, todas da mesma família, na madrugada desta quarta-feira (26).

Segundo informações da polícia, no momento do acidente estavam no veículo o casal Maria Elisângela, 25 anos, e Darlan Alves Silveira, de 27 anos, com a filhinha Maria Eduarda da Silva, de apenas dois meses.

O acidente aconteceu quando a família voltava de um casamento no distrito de Alto Bonito. Foi quando houve a colisão frontal. O motorista do caminhão, José Amaro de Andrade, 41 anos, ficou no local e prestou socorro à família.

Família voltava de casamento quando se envolveu no acidente

O sargento Berenilson Correia explicou como tudo aconteceu. “Com informações colhidas com o motorista do caminhão é de quando ele vinha descendo, em baixa velocidade, segundo o próprio, percebeu que o veículo parati vinha realizando uma ultrapassagem a dois outros veículos”, detalhou.

Confira os detalhes na reportagem de Núbia Silva:

O motorista disse ainda que viu que o homem que dirigia a parati estava olhando para trás, como se estivesse conversando com alguém. As vítimas, mãe e filha, chegaram a ser socorridas par ao Hospital Municipal de Bonito, mas não resistiram.

Vítimas não usavam cinto

Já Darlan Alves morreu no local do acidente. “Ninguém vinha usando o cinto de segurança. Inclusive, existia uma cadeirinha de bebê conforto dentro do veículo só que a criança não vinha no acento obrigatório”, contou.

Segundo o sargento, a causa da morte da mãe e da criança podem ter sido também por conta do não uso do cinto de segurança.


Mais Lidas